Igreja Presbiteriana de Cidade Ademar

Intimidade com Deus 

O Senhor nos convida a conhecê-lo melhor. Que privilégio! Se a alegria celestial consiste em estar na presença do Senhor, sem qualquer pecado a obstruir-nos, certamente buscar a presença dEle agora tem de ser aquilo que mais ansiamos.

Você sente necessidade de orar? Uma pessoa que não tem essa necessidade não pode estar vivendo pela fé. Deixar de orar é o mesmo que dizer: “Sou suficiente em mim mesmo para fazer tudo o que as pessoas me pedem”.  Isto é realmente verdadeiro? Por meio de sua persistente autossuficiência, você não ofende a Deus? A Bíblia afirma: “Sem fé é impossível agradar a Deus” (Hb 11.6).

As seguintes sugestões tem o propósito de ajudá-lo a gastar um tempo mais longo na oração e na meditação com Deus.

  1. Aproxime-se em Nome de Cristo. Somente porque Cristo viveu de maneira perfeita, morreu parra a satisfação do Pai e ressuscitou vitoriosamente por nós, temos o privilégio de nos achegarmos a presença de Deus. Devido ao fato de que o Pai aceita o Filho, o Pai nos aceita nEle. Deus, o Pai, nos tornou aceitáveis em Cristo. Não diga simplesmente  em palavras, mas realmente creia em Cristo como seu mediador. Expresse em alguns detalhes a sua dependência da dignidade de Cristo e da sua obra vicária em nosso favor.
  2. Deleite-se nEle e expresse-lhe os seus anseios. Louve a Deus por causa das atividades em sua vida. Por seu caráter, amor, poder, santidade, graça, bondade, sabedoria, etc. Conte para Deus o que você deseja mais do que todas as outras coisas. Expresse seus mais profundos anseios por comunhão dom Ele e por santidade de vida ou qualquer outro anseio que houver em seu coração. Esse não é um tempo para orar a respeito de todas as coisas que você necessita, e sim de tornar conhecidos os seus mais profundos e permanentes desejos.
  3. Leia um Salmo, Louve com cânticos. Interceda pelos outros. Talvez você deseje ler um Salmo por dia. Para louvar, utilize um hinário, recorde cânticos ou hinos de memória. Componha seu próprio hino a partir das Escrituras. Lembre-se daqueles que lhe pediram sua oração em favor deles; dos líderes de sua igreja, dos missionários que você conhece, das autoridades do país, dos que ainda não são salvos, de seus amigos, daqueles que estão com problemas e aflições, etc.,  (1 Samuel 12.23).
  4. Coloque seu dia diante do Senhor. Lembre-se que ao citar cronologicamente cada possível acontecimento de seu dia, você está aprendendo a confiar em Deus quanto aos detalhes de sua vida (Pv 3.5-6).
  5. Medite na Palavra de Deus e expresse a Ele sua gratidão. Meditar significa ponderar, refletir, contemplar, pensar demoradamente a Palavra de Deus. Leia pelos menos um capítulo das Escrituras. Procure os versículos-chaves e medite sobre eles, pedindo a Deus que lhe mostre o que significam. Peça ao Senhor que lhe dê uma maneira humilde de compartilhar essas verdades com outras pessoas. Leia para obedecer. Por fim, ainda que haja dificuldades em sua vida, o Senhor tem sido bondoso para você. Expresse-lhe sua apreciação por atos de bondade que Ele tem feito à luz daquilo que você realmente mereceria (Hb 13.15).

Jim Elliff

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *